quarta-feira, 1 de julho de 2020

Segunda Prosa Geográfica

Texto e Imagem - Henrique Macedo 

Na segunda prosa geográfica, debatemos o racismo. 

Cartaz da Segunda Prosa Geográfica - Geógrafo Milton Santos, jovem protestando e grafite da Dandara de Palmares 


Início – Sextos anos 

O professor Tuwile iniciou a conversa dialogando a respeito da diferença entre raça e racismo. 

Ele nos mostrou que a ideia de raça é uma construção social, não existindo na biologia. E a partir dessa ideia o vírus do racismo foi sendo disseminado pelo mundo, criando hierarquias e inferiorizações sociais que nos afetam até hoje. 

Em seguida o professor Henrique comentou um pouco sobre referencias negras, apresentando o geógrafo Milton Santos, a médica Thelma vencedora do BBB, o grupo Racionais Mc’s e o guitarrista Jimi Hendrix. Em seguida, fizemos um exercício com os estudantes soliticando que eles indicassem referências de pessoas negras em sua vida. Foram citadas a cantora Iza, a médica Thelma, o grupo Pixote, entre outros. 


Início – Sétimos anos 


O professor Tuwilê apresentou alguns slides com diversas imagens de cidades africanas como Johanesburgo e Cidade do Cabo na África do Sul e New Orleans nos Estados Unidos atingida pelo furação Katrina. Em seguida questionou os estudantes sobre qual o lugar que cada imagem representava. Alguns deles ficaram surpresos ao saber a localização das imagens. O objetivo aqui era desmistificar a visão negativa que se tem do continente Africano, que é carregada de racismo. 

O professor Henrique apresentou o país Terra Negra, feito por uma estudante do sétimo ano no Jogo do País e em seguida passou um pequeno vídeo do canal Nerdologia contando a história de Martin Luther King e Malcom X dois importantes ícones na luta contra o racismo. 


Finalizando 


O tema racismo não se esgota nessa aula. Para os sextos anos na terceira prosa Geográfica iremos falar sobre a questão indígena e o preconceito que eles sofrem e para os sétimos anos sobre o racismo inverso, será que isso existe ? 

Abraços e até a próxima. 

#OficinaGeográfica

quarta-feira, 10 de junho de 2020

Prosa Geográfica

Texto: Henrique, Tati e Tuwilê

Introdução


A PROSA GEOGRÁFICA nasce da necessidade de entrarmos em contato com os estudantes em meio a pandemia do Covid 19. Nós professores de Geografia Henrique e Tuwilê desenvolvemos essa roda de conversa com os estudantes dos sextos anos e dos sétimos anos, trabalhando três temáticas – A Situação Atual, a Geografia e um Brinquedo / Objeto querido.

Mafalda e a diversidade mundial - Fonte:  Revista Gestão Universitária
 

- Situação atual – Iniciamos com uma roda de conversa com os estudantes sobre a situação atual e suas dificuldades em relação ao Google sala de aula. No caso dos sextos anos foi relatado algumas dificuldades em algumas atividades e também em relação a questão do acesso, que as vezes trava por conta da internet, porém mesmo assim estão conseguindo desenvolver as atividades. Relataram também a questão do medo do coronavírus. Já os estudantes dos sétimos anos estão conseguindo acessar as atividades normalmente. Foi relatado por um estudante que duas matérias não está conseguindo acesso, o caso foi repassado para a coordenação. Por fim, os estudantes dos sétimos anos apontaram a necessidade da continuidade de utilização da plataforma mesmo após o retorno das atividades presenciais, ou seja, vemos um caminho interessante para ampliação do ensino híbrido.

- Geografia - Na segunda parte abordamos um pouco as atividades que vêm sendo desenvolvidas no âmbito da Geografia com os sextos anos, partindo dos vídeos e questões que colocamos na plataforma Google Sala de Aula. Em seguida, falamos um pouco das mudanças que ocorreram no centro do Jaraguá com a construção do viaduto, fruto da reivindicação popular, e as consequentes transformações no espaço geográfico da região. Por fim, respondemos algumas perguntas dos estudantes sobre o impacto dessas mudanças no cotidiano do bairro.

No caso dos sétimos anos, debatemos um pouco sobre a diversidade que cada país apresenta em vários aspectos, tais como a economia, a educação da sua população, a produção de riqueza, etc. Explicamos a atividade do Jogo do País, instigando-os a expandir a criatividade na confecção dos seus países.

Por fim, indicamos o jogo online chamado Cidade em Jogo, no qual eles podem ser prefeito por um dia, compreendendo assim as dinâmicas envolvidas no desenvolvimento das políticas públicas. Além disso, respondemos algumas questões relacionadas a água e ao momento político do país.

- Brinquedo – Para finalizar nosso encontro, solicitamos que cada estudante pegasse um objeto para falar um pouco sobre ele. Essa atividade teve como objetivo demonstrar a importância da cultura em nossas vidas.

Nos sextos anos, tivemos diversos instrumentos musicais (violão, violino, pandeiro e cavaquinho), histórias em quadrinhos e mangá (Turma da Mônica e Mirai Nikki), controles de videogame (mega drive e play 2) e o Kindle .

Com os sétimos anos, tivemos peças de xadrez, cavalinho de vidro, bola de futebol, violão, playstation 3, mouse, teclado e pandeiro. Todos esses objetos trouxeram lembranças de pessoas queridas e boas alegrias para todos.

O professor Tuwilê encerrou os dois encontros cantando uma música em homenagem a educação e a cultura popular!

Finalizando

Para finalizar a nossa atividade fizemos alguns encaminhamentos:

- Repassar para a coordenadora a questão da demanda dos estudantes por aulas ao vivo – Lembrando que a Prosa Geográfica foi uma ideia conjunta dos professores de Geografia Tuwilê e Henrique - logo não possui caráter obrigatório, porém ficou entendido o desejo dos estudantes por aulas ao vivo;

- Foram indicados alguns sites educativos para auxiliá-los nas dificuldades que foram relatadas;

- Foram indicados aplicativos pelos estudantes – Passei Direto e Brainly – Vamos sugerir para todos os estudantes no mural do Google Sala de Aula;

- Colocamos um tópico no Google Sala de Aula para que os estudantes comentem como foi a nossa Prosa Geográfica.

Pretendemos realizar em breve outros encontros virtuais, afinal apesar da distância, manter o diálogo se faz necessário!

Segue abaixo alguns comentários sem a identificação do estudante:


Print do Google Sala de Aula - Geografia.

Abraços e até a próxima! 

quarta-feira, 20 de maio de 2020

Território Jaraguá - CEU Vila Atlantica – CEU É Noiz - Nova Geração

Texto: Henrique Macedo Fotos e vídeo: Henrique Macedo e Tatiani Ribeiro 

No segundo semestre de 2019, mais precisamente no dia 21/09/2019, visitamos o CEU Vila Atlântica com o projeto Território Jaraguá Nova Geração. Participamos do evento o CEU é Noiz com uma vasta programação. Dessa vez os estudantes dos sextos anos estavam acompanhando das meninas do Grêmio Estudantil.  Boa leitura! 
Galera reunida em frente o CEU Vila Atlântica! 
Maracatu 

O evento O CEU É Noiz começa com um arrastão de maracatu promovido pelo Bloco de Pedra. Seguimos o maracatu pela comunidade ao redor do CEU Vila Atlantica. Veja o vídeo a seguir com essa maravilhosa caminhada! 


Debate Jovem 

Retornando ao CEU Vila Atlântica participamos do Debate Jovem, atividade que envolve o diálogo e a troca de experiência entre os estudantes das duas escolas. 
E dessa vez contamos com a participação do Grêmio Estudantil das EMEF Estação Jaraguá e da EMEF CEU Vila Atlântica. 
Nessa troca de experiência falamos do projeto Território Jaraguá e seus diversos roteiros, do Grêmio Estudantil e seus novos desafios e conhecemos o projeto Quarta Rosa realizado pela professora Dani com os estudantes da EMEF CEU Vila Atlântica, debatendo o bullyng e outras violências. Essa atividade foi bem interessante, pois propiciou uma troca de experiências entre os jovens com duas realidades próximas na escola pública.

Falando um pouco sobre o projeto Território Jaraguá! Primeiramente passamos alguns vídeos do projeto. E no chão espalhamos algumas fotografias das saídas pedagógicas que foram realizadas no ano letivo de 2019.
Estudantes interagindo com as fotos das saídas pedagógicas do projeto Território Jaraguá. O Debate Jovem é um importante momento de diálogo e troca de experiências, algo fundamental para o processo de ensino aprendizagem.



A atividade Debate Jovem promove o encontro entre os estudantes da EMEF Estação Jaraguá e EMEF CEU Vila Atlântica

Estudantes da EMEF Estação Jaraguá participam de uma dinâmica com estudantes da EMEF CEU Vila Atlântica. Essa atividade faz parte do projeto Quarta Rosa desenvolvido pela professora Dani.
Finalizando 

Pelo segundo ano participamos desse importante evento no CEU Vila Atlântica, em fevereiro de 2020 voltamos para utilizar a piscina do CEU, em breve divulgaremos essa postagem. 

Galera da EMEF Estação Jaraguá - em pé: Everton Sena (6°B), Maria Clara (6°A), Emily Bispo (8°C -Grêmio Estudantil), Maria Eduarda (6° B), Camilla Barros (7°C -Grêmio Estudantil), Letícia Santos (8° A - Grêmio Estudantil) e professora Tatiani Ribeiro.  Agachadas: Emilly Ribeiro (6° A), Ana Vitória (6° A) e Sophia Freitas (6°B.) Foto: Professor Henrique 
Segue mais fotos desse dia especial: 

Bloco Maracatu de Pedra - o arrastão vai começar! 
Maracatu Bloco de Pedra e estudantes da EMEF Estação Jaraguá nas ruas da Comunidade Vila Atlântica!

Geografizando na Rua - ao fundo o Pico do Jaraguá encoberto pelo tempo nublado.

Andando pelas ruas do entorno do CEU Vila Atlântica com o Maracatu Bloco de Pedra. 

Aproveitando o evento no CEU Vila Atlântica as meninas do Grêmio Estudantil da EMEF Estação Jaraguá tiveram algumas ideias, como por exemplo a instalação do self service na hora da merenda na nossa escola! 
Geladeira Literária do no CEU Vila Atlântica. Em breve, encheremos a nossa geladeira literária na EMEF Estação Jaraguá com os livros do prêmio Territórios! 

A comunidade do entorno participou em peso das diversas atividades do evento O CEU É Noiz! Agradeço aos professores Cristiano, Dani e Tarso e a diretora Sueli pelo convite e recepção! Vocês fazem um belo trabalho na EMEF CEU Vila Atlântica! Parabéns! 
Pausa para o almoço! Obrigado professora Tati pela companhia nessa saída pedagógica
Geografizando na Rua - Viva o Território Jaraguá! 

Pico do Jaraguá fotografado do CEU Vila Atlântica. Clique aqui para ler meu artigo sobre a importância do Centro Educacional Unificado para as periferias de São Paulo! Em fevereiro de 2020, retornamos ao CEU Vila Atlântica para utilizar essas belas piscinas! Em breve, publicaremos como foi esse dia! Abraços e até lá!   

terça-feira, 19 de maio de 2020

Território Jaraguá - Jardim Bandeirantes - Nova Geração

Texto: Henrique Macedo Fotos e vídeo: Maria Aparecida e Henrique Macedo 

No segundo semestre de 2019, mais precisamente no dia 23/08/2019, realizamos nosso roteiro especial pelo Jardim Bandeirantes com os estudantes do sexto ano A. É importante registrar que em 2018 o projeto Território Jaraguá teve início com essa saída pedagógica super especial pelo bairro ao redor da escola. Assim sendo, resolvemos repeti-lo com a Nova Geração no ano letivo de 2019! Claro encontramos algumas novidades no meio do caminho. Veja o relato a seguir! Boa leitura! 

Galera reunida Geografizando na Rua - Esse é o projeto Território Jaraguá - Nova Geração -Ano letivo 2019! 
Rua Alto do Rio Bravo 

Nossa saída pedagógica se inicia na rua Alto do Rio Bravo no Jardim Bandeirantes, próxima da escola, local de moradia de diversos estudantes da EMEF Estação Jaraguá! 

Por ser uma rua plana e bem arborizada os moradores do Jardim Bandeirantes a utilizam para caminhadas e exercícios.

Novidade em relação a 2018 - A prefeitura instalou equipamentos de ginástica no ar livre para a população se exercitar.

Território Jaraguá - sempre uma nova aventura! 
Dialogando com os estudantes sobre o que encontramos na Rua Alto do Rio Bravo!
Lago dos Peixes 

Ele continua lá. O famoso lago dos peixes na Rua Alto do Rio Bravo! 

A clássica Selfie do Lago não pode faltar! 


Galera reunida em frente o Lago dos Peixes!

Estudantes observam o lago dos peixes, sinal de que tem água limpa na região!
 Morro da Torre 


É hora de subir no incrível Morro da Torre! 

Aqui observamos o Pico do Jaraguá imponente na paisagem! 

E tivemos que encarar um pouco de vento e chuva pela primeira vez no projeto Território Jaraguá! Mas o Sol logo apareceu lá na frente! Prossiga conosco na leitura! :)
Rua Pôr do Sol 

Após uma passagem rápida pelo Morro da Torre por conta da garoa, chegamos na rua Pôr do Sol! 

Observando a movimentação na rua!

Dialogando com os estudantes sobre a paisagem do Jaraguá! 
Bela vista da rua Pôr do Sol! 
Comunidade Xurupita

Prosseguindo nossa caminhada pelo Território Jaraguá com a Nova Geração, chegamos ao campo da Xurupita! 

Dialogando com os estudantes observamos a paisagem vista do campo da Xurupita. Bem ao fundo podemos visualizar a construção de novos prédios próximo do Shoopping Cantareira. Com a iminente finalização do Rodoanel, o Jaraguá passa por um intenso processo de verticalização.

Comentamos com os estudantes sobre o futebol de várzea como importante prática de lazer e geração de renda na periferia de São Paulo.
Estudantes procuram observar os elementos da paisagem, identificando as diferenças entre as construções ao redor do campo e o a nova verticalização que verificamos no Jaraguá! 
Praça do Vivan 
Seguindo nossa caminhada, chegamos a Praça do Vivan! 


Na praça do Vivan o Sol apareceu! 


Galera aproveitou para descansar, conversar e se alimentar!

Que tal brincar um pouco!! 

A praça do Vivan é uma bela área verde do distrito do Jaraguá! 

Com uma bela quadra para a criançada aproveitar! 

E bancos para descansar e aproveitar a sombra! 


Estudante lê as informações  da placa na praça do Vivan! 
Após o lanche e as brincadeira, aproveitamos para dialogar com os estudantes sobre a escola e o território! 
Galera atenta nas falas na nossa roda de conversa na Praça do Vivan! 
Na roda de conversa instigamos os estudantes a pensar no Território Jaraguá e suas potencialidades, tais como a Praça do Vivan, importante espaço de lazer que pudemos aproveitar nessa manhã de Agosto de 2019! 
Comentários, questionamentos, apontamentos! Em suma, seguindo o educador Paulo Freire trabalhamos com o diálogo como a melhor forma de aprendizado! No projeto Território Jaraguá os estudantes tem voz sim! 



Fruto da luta dos moradores a praça do Vivan foi inaugurada em 1985! Aproveitamos para contar para os estudantes um pouco da história das Associações de Bairro, que foram importantes principalmente na década de 80 para catalizar as demandas populares por melhorias gerais nas periferias da cidade de São Paulo.

 Depoimento! 

Na praça do Vivan aproveitamos também para colher o depoimento de um estudante! Vejam o vídeo! 



Finalizando 

Após a roda de conversa, retornamos a EMEF Estação Jaraguá! Esse foi mais um roteiro do projeto Território Jaraguá Nova Geração - comente e compartilhe nosso blog! abraços e até breve!  


Obrigado a professora Maria Aparecida de história por nos companhar nessa saída pedagógica! 
Novos brinquedos na rua Alto do Rio Bravo! 

Escorregando!!! 
Rua da Natureza próximo a Praça do Vivan!
Selfie da saída!  Viva a escola pública de qualidade! Abraços e até a próxima!